3 lugares para comer em Melbourne: Uma das melhores cidades australianas para engordar, com certeza, é Melbourne. Para início de conversa, a comida é bem mais barata do que em Sydney – há até mesmo grandes diferenças de preço nos lanches do Mc Donald’s e do Subway, por exemplo. Além de pesar menos no bolso, a comida em Melbourne tem um ar diferenciado, mais europeu – assim como a cidade. Há ótimas opções de pratos italianos, mais naturebas e doces em geral. Vale a pena experimentar cada delícia. Abaixo, uma lista com três tentações imperdíveis em lugares incríveis:

1. Schnitz

Aparentemente mais uma lanchonete fast food. No entanto, o Schnitz é bem mais do que isso. A comida típica da Áustria revisitada na Austrália, com misturas que vão da rúcula ao abacate. No menu, 18 combinações diferentes para o schnitzel, que nada mais é do que um bife empanado. A opção pode vir em forma de wrap ou hambúrguer – os australianos preferem o wrap que, de fato, é bem mais saboroso. Os atendentes são super atenciosos e dão opinião se o cliente estiver confuso sobre o que pedir. O cardápio tem design moderno, assim como o lugar – mistura o charme de um prédio antigo ao estilo fast food. O schnitel vem acompanhado do que no Brasil chama-se de batata-frita rústica. O lanche fica em AUD 15 e AUD 18. Além da batata, acompanha refri.

2. Little Creatures Brewery

Um lugar cool encravado na principal avenida de Fitzroy, um bairro que poderia ficar em Berlim se não estivesse a menos de 30 minutos da praia. Na verdade, o Little Creatures é uma cervejaria, que produz cervejas de marca própria para todos os paladares. O cardápio de comida é apenas uma acessório, porém, muito bem composto. Uma das melhores pedidas – recomendadas inclusive pelos garçons da casa – é a salada de aspargos. Se a pessoa estiver com mais fome, há opções de hambúrgueres, pizzas e com carne de porco.

Vale a pena passar pelo Little Creatures apenas para conhecer e bebericar uma das tantas cervejas da casa. O copo sai por cerca de AUD 5. Eles vendem também garrafas para levar para casa. O dinning room é uma atração a parte: provavelmente construído dentro de um galpão abandonado com referências ultra modernas e mistura de cores. O preço da refeição é um pouco mais salgado, mas bem menos do que o cobrado em restaurantes similares em Sydney. Uma entrada, prato principal e bebida (que não poderia falar!) sai por volta de AUD 30. Importante salientar que, como de costume na maior parte dos restaurantes da Austrália, a água é grátis.

3. Café Andiamo

Eles têm mesinhas na rua, com guarda-sóis brancos. Eles têm uma máquina de expresso italiano. Eles servem um dos melhores capuccinos de Melbourne. Se fosse só isso, já bastaria para a visita. No centro da Degraves street, a rua mais underground do centro de Melbourne, um tímido café/restaurante italiano compete com dezenas de outros no mesmo estilo. Apertadinho ali no meio, logo nota-se que o Andiamo é diferenciado. Para começar, eles oferecem a opção de prato do dia, que é sempre mais em conta que os demais do cardápio e fica pronto em um instante. Mas não é por chegar logo a mesa que a comida é menos saborosa. Qualquer coisa que leve molho vermelho por ali é simplesmente di-vi-na. De comer ajoelhado. Os garçons são super simpáticos e atendem bem – aliás, isso parece ser uma constante em qualquer restaurante de Melbourne. A água também é grátis, e o preço da comida nem tão salgado. Prato principal, salada e café saem por mais ou menos AUD 20.

Leia mais também: 
–  Melbourne um pouco da Europa na Austrália
–  Os 10 melhores passeios em Melbourne
–  10 curiosidades sobre a Austrália
– Sistema de saúde e Alimentação na Austrália
– Qual o momento certo para viagem de intercâmbio

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Share on linkedin
1