A vida selvagem Australiana é famosa pela fauna diferenciada, mas também pela grande quantidade de animais – entre insetos, répteis, peixes e cnidários – que podem causar sustos e uma grande dor de cabeça aos habitantes da ilha gigante. Ter contato com baratas, aranhas e moscas é praticamente praxe na Austrália, até por isso que, apesar de ser um país cheio de qualidade, não parece ser o lugar ideal para quem tem fobia a insetos. Eles estão por todos os lugares – e os australianos evitam matá-los.

Na Internet, existe uma vasta copilação da presença de animais em ambiente dominado por humanos – sim, há cobras e aranhas em grande quantidade também nas zonas urbanas. Eles, de fato, estão em todos os lugares. É comum ver até dez ou 15 aranhas juntas em um canto na rua ou penduradas em árvores. É possível deparar-se também com baratas em bares e restaurantes, mesmo que os insetos estejam “apenas de passagem”. Os insetos entram, inclusive, dentro da casa das pessoas. Mas não há motivo para pânico! Há dezenas de tipos diferentes de inseticidas para aqueles que querem liquidar o problema.

Uma das maiores preocupações desse convívio com a vida selvagem é quanto a picadas e mordidas. Os serviços médicos australianos, no entanto, estão mais do que preparados para resolver qualquer situação, bem como as farmácias, onde é possível encontrar pomadas e remédios – digamos assim – milagrosos. O perigo não pode, no entanto, ser menosprezado. Há morcegos que transmitem doenças capazes de matar, apesar de ser incomum a contaminação por esse vírus. Há tubarões que visitam a costa com frequência – e às vezes até atacam – e crocodilos que podem aparecer em meio à cidade. A maioria das aranhas que circulam pelo território são venenosas, em maior ou menos intensidade.

Em fevereiro, a exibição de um episódio do desenho animado Peppa Pig foi censurada pelo governo australiano. No episódio, a porquinha fazia amizade com uma aranha e brincava com ela. A proibição ocorreu porque as autoridades prezam por alertar a população sobre o perigo do contato com esse animais – e Peppa poderia fazer as crianças entender, de alguma forma, que brincar com uma aranha não é perigoso.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Share on linkedin
1