Dados sobre o mercado de trabalho na Austrália, apontam que os profissionais de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) tendem a ter mais sorte para conseguir um emprego no país em 2015. O setor continuou a liderar os novos anúncios de emprego durante janeiro de 2015. No ano passado, o setor foi responsável por 10,7% dos anúncios de trabalho. A tendência para esse ano é que os anúncios que procuram profissionais de TI ultrapasse 14%.

Outros dois setores, o de Comércio e Serviços e a área da Saúde também tendem a continuar em alta. No ano passado, Comércio e Serviços representava 7,7% dos anúncios de emprego. A demanda por profissionais que atuem no setor cresceu para 12% em janeiro de 2015.  Os anúncios buscando profissionais da Saúde tendem a quase dobrar esse ano. Dos anúncios de emprego publicados no ano passado na Austrália, 7,4% procuravam por médicos, enfermeiros e dentistas. A previsão é que, esse ano, o setor corresponda a 13% dos anúncios.

Os dados foram divulgados em fevereiro de 2015 pelo Portal de Empregos SEEK, considerado o maior da Austrália, e pesquisado em janeiro desse ano. Além da terra dos cangurus, o portal opera em outros onze países – inclusive no Brasil. O site foi fundado em Melbourne no ano de 1997. Além de divulgar no início desse ano as profissões em ascensão na Austrália, o SEEK realizou uma pesquisa sobre o mercado de trabalho nos principais estados australianos.

Nova Gales do Sul e Victoria registram aumento de 5,2% nos anúncios de emprego nos últimos meses. O menor aumento, de apenas 1 por cento, foi registrado em Queensland. Apesar disso, esse foi o terceiro aumento no número de vagas nesse estado nos últimos quatro meses. O mercado de trabalho Queensland ainda registra apenas crescimento dito moderado, de 5,4%ao ano. Nova Gales do Sul continua a ser líder absoluto no mercado de trabalho, mostrando a tendência mais encorajadora do país no número de anúncios de trabalho – mais de 18% superior do que um ano atrás. Em Victoria, o número de ofertas de trabalho subiu 11%, no sul australiano, 3,6%. O mercado de trabalho continua fraco na  Austrália Ocidental, com queda de 1,5% no último ano – de janeiro de 2014 a janeiro de 2015.

As áreas profissionais com o maior crescimento do número de vagas anunciadas em toda a Austrália, comparando os anos de 2013 e 2014, foram: Design e Arquitetura (42% de crescimento), Educação (16%), Agricultura (16%), Indústria (13%), Serviços Comunitários (12%), Comércio (12%), Serviços Financeiros (12%), Saúde (11%) e Comunicação & Marketing (8%). A área que registrou a maior queda, surpreendentemente, é uma das que ainda mais emprega e melhor remunera em toda o país, a Mineração. O número de vagas ofertadas no setor caiu 36% no último ano.

Leia mais também:
5 trabalhos na Austrália que você talvez não queira, mas tende a fazer
Emprego de Hospitality na Austrália veja como conquistar
– País para trabalhar e juntar dinheiro
– Saiba quanto custa morar na   Austrália
– Tax File Number, o CPF australiano
– A diferença entre shift e job

 

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Share on linkedin
1