Perth fica, literalmente, do outro lado da Austrália. Isso porque, as principais cidades australianas ficam na costa Leste – que também é a parte mais povoada do país. Perth está situada, digamos, do lado B. A cidade está geograficamente mais próxima das ilhas de Timor Leste ou de Jacarta (que pertence a Indonésia) do que de Sydney, Melbourne ou Brisbane. A cidade australiana mais próxima de Perth com mais um milhão de habitantes é Adelaide, a mais de 2 mil quilômetros de distância que podem ser vencidos em cinco horas de voo. Não só por isso, mas também, Perth é considerada uma das áreas metropolitanas mais isoladas do planeta Terra.

A cidade conta com cerca de 1,8 milhões de habitantes – o estado ao qual pertence, a Austrália Ocidental (WA), conta com 2 milhões ao total. Tem verões super quentes, invernos também com temperaturas altas, pouca precipitação anual e umidade. Os solos de Perth são totalmente estéreis, ou seja, a agricultura não é o forte daquelas bandas. O maior desenvolvimento econômico de Perth começou após a descoberta de vários depósitos de ouro em Kalgoorlie, situada a cerca de 600 km de Perth (o que para a Austrália, convenhamos, é bem pertinho) e após a inauguração da ferrovia transcontinental, em 1917. Após a febre do ouro, Perth passou a explorar outros recursos naturais, principal componente da economia local, como urânio, ferro, zinco e gás natural.

Perth é considerada um paraíso dos hipsters: Conta com vários parques e calçadão à beira-mar, possui metrôs impecáveis, ônibus e trens gratuitos – isso mesmo, grátis e liberados para todos os usuários. A diversidade de restaurantes com cardápios orgânicos e diferenciados é enorme, há inúmeros bares descolados construídos em prédios históricos e todo tipo de evento, de feiras a cinema, passando por atividades ao ar livre como o ioga. Perth é simples, arejada e bem cuidada. Além da overdose natural, transpira cultura: Perth recebe todos os anos o maior festival multiartístico do Hemisfério Sul. A cidade possui ainda um centro de arte aborígene que contrasta bem com os diversos murais artísticos urbanos espalhados pelas ruas.

Com praias de areia branca e água gelada, Perth é banhada pelo Oceano Índico. Além dos esportes aquáticos, os veleiros também fazem sucesso por lá. A cidade está localizada junto a um rio, o Swan (que significa cisne em Português). Antigamente, os australianos brincavam dizendo que a sigla da Austrália Ocidente, WA ou Western Australia, significava “wait awhile” ( ou “espera um pouquinho” em Português). A tradução desajeitada é na verdade uma gozação com o estilo de vida tranquilo do lado ocidental do país, bem diferente do jeito apressado dos habitantes de Melbourne ou Sydney, do lado Leste.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Share on linkedin
1