Pré-requisito para trabalhar legalmente na Austrália, o Tax File Number, é uma das primeiras coisas que o estudante precisa providenciar assim que chega ao país. Conhecido também pela sigla TFN e equivalente ao CPF brasileiro, o número de nove dígitos é necessário para recolher impostos ao governo. Apenas após solicitá-lo será possível abrir uma conta bancária, por exemplo. O TFN também permite mudar mais facilmente de emprego, pois a maioria dos empregadores valoriza se a pessoa o tem ou não, já que apenas residentes legalizados podem obtê-lo.

O Tax File Number permite ainda que a pessoa candidate-se a benefícios governamentais, adiram a um fundo de aposentadoria, preencham o formulário de reembolso de impostos – o que equivale à declaração de Imposto de Renda brasileira – e solicitem o reembolso de impostos, caso seja aplicável. É apenas possível fazê-lo uma vez, ou seja, se a pessoa solicitar um TFN e depois retornar ao Brasil, o número fica armazenado no sistema do governo australiano. Caso a pessoa retorne ao país, volta a utilizar o mesmo.

Para aplicar ao TFN, a pessoa deve dirigir-se ao Australian Taxation Office (ATO). No mesmo local é possível solicitar um TFN para pequenas e grandes empresa – o equivalente ao CNPJ brasileiro. Após preencher a aplicação e entregar os documentos solicitados, a pessoa será convocada para uma entrevista. O prazo máximo para receber o número é de 28 dias. O formulário pode ser preenchido online, mas precisa ser entregue impresso pessoalmente em alguns dos escritórios do ATO. Após completar a ficha, o cidadão tem até 30 dias para encaminhar a documentação necessária – passaporte, visto e comprovante de residência local. A aplicação é gratuita.

Leia mais também:
– O mercado de trabalho na Austrália
5 trabalhos na Austrália que você talvez não queira, mas tende a fazer
Emprego de Hospitality na Austrália veja como conquistar
– País para trabalhar e juntar dinheiro
– Saiba quanto custa morar na   Austrália

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Share on linkedin
1